Artigos

Gerar instalador Windows 10 Professional para USB

Nesse artigo veremos como gerar o instalador do Windows 10 32/64 versão Pro. Como é de conhecimento notório o gerador de mídias da Microsoft possibilita o download da imagem de instalação do Windows 10 comum, porém a versão Pro não vem habilitada por padrão.

Outros artigos pecam em ensinar a gerar um disco de instalação do Windows 10 Pro pois acaba apenas aparecendo a versão do Windows 10 comum. A principal diferença do Windows 10 normal para o Windows 10 Pro é que na versão Pro é possível adicionar um computador a um domínio de rede. Quem trabalha com Active Directory sabe do que eu estou falando ;-)

Observação: Neste tutorial vou ensinar a criar uma mídia de instalação do Windows 10 Pro em um pen drive pois acredito que essa é a forma mais rápida e eficaz de transportar e instalar um sistema operacional no computador. Você poderá gerar por meio do MediaCreationTool o arquivo ISO e trabalha-lo da forma que achar mais conveniente, gravando DVD's, BR, etc, porém não é o enfoque desse artigo.

Você poderá utilizar o pen drive gerado para realizar uma instalação limpa do Windows 10 Pro, ou fazer Upgrades de máquinas que rodam outras versões do Windows (se tiver uma licença para isso), ou atualizar versões mais antigas do Windows 10 para as mais novas (nesse caso se você já tem uma licença do Windows 10 não é necessário adquirir outra).

1 - Baixar a Ferramenta da Microsoft 

É necessário baixar a ferramenta MediaCreationTool do site da Microsoft.

Na página clique no botão "Baixar a ferramenta agora".

2 - Execute o MediaCreationTool

Recomendo que utilize uma máquina com Windows 10, pois o MediaCreationTool faz uma verificação de compatibilidade do Hardware (mesmo que você queira baixar o instalador para usar em outra máquina). Caso sua máquina seja antiga ele vai limitar as versões disponíveis para download.

Selecione "Criar mídia de instalação para outro computador"

Na próxima tela desabilite a opção "Usar as opções recomendadas para este computador".

Selecione o idioma de preferência.

Selecione a edição Windows 10.

Selecione a arquitetura desejada: 32 bits, 64 bits ou ambas.

Observação: Se você escolher 32 bits ou 64 bits um pen drive de 4GB é o suficiente, agora se deseja escolher ambas é necessário um pen drive de 8GB. Eu particularmente acho melhor ter ambas pois nunca se sabe quando irá precisar de cada arquitetura.

Selecione na tela seguinte onde será salva a mídia, no nosso caso na Unidade flash USB.

Você será questionado que perderá todos os arquivos na unidade.

Esse procedimento levará até algumas horas (dependendo da velocidade da sua internet) e ao concluir será gerado no pen drive uma estrutura de pastas. O pen drive estará apto para realizar instalações limpa, upgrades e atualizações dos computadores para o Windows 10 versão padrão (e não a versão Pro), sendo assim, vamos ao próximo passo.

3 - Gerar o arquivo ei.cfg

Abra o bloco de notas e crie um arquivo chamado ei.cfg (a extensão deve ser .cfg e não .txt). O conteúdo deverá ser o seguinte:

[Channel]
_Default
[VL]
0

Salve esse arquivo em uma pasta qualquer.

Para facilitar sua vida você pode fazer o download do arquivo ei.cfg clicando aqui (Talvez seja necessário clicar com o botão direito sobre o ícone e clicar na opção "Salvar link como..." ou "Salvar destino como...").

4 - Habilitando a versão Windows 10 Pro

Se você gerou apenas na arquitetura 32 bits ou somente na arquitetura 64 bits:

No pendrive navegue até a pasta \Sources e copie para esse local o arquivo que criamos chamado ei.cfg.

Se você gerou em ambas as arquiteturas (32/64)

No pen drive navegue até a pasta \x64\sources\ e copie para esse local o arquivo ei.cfg. Em seguida repita o mesmo procedimento agora para a pasta \x86\sources\.

5 - Boot pelo pen drive

Realizando esses procedimentos você poderá usar o pen drive como mídia de boot e a opção do Windows Pro estará disponível nas arquiteturas correspondentes x86/x64.